RADIO A FERRO E FOGO

ESTAMOS RECONSTRUINDO O BLOG EM BREVE IREMOS INICIAR AS PARCERIAS

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

O ANO DE 1985 E O METAL - DONY POWERHEAD


H
E
A
V
Y

M
E
T
A
L






1985 - UM ANO INESQUECÍVEL PARA O HEAVY METAL

Para falar mais especificamente sobre como foi a cena metálica no ano de 1985 é preciso voltar um pouco no tempo, lá pelo final dos anos 70. Tudo recomeçou, em 1979 com o surgimento da NWOBHM (New Wave Of British Heavy Metal) e que durou até 1985. Quando digo recomeçou, é porque o heavy metal esteve meio que parado de 1977 a 1979, com a explosão do punk e a infestação da moda new wave (argh!) na Inglaterra. É indiscutível a importância desse movimento musical, pois definiu como o heavy metal deveria soar nos anos 80.







HEAVY METAL

Foram inúmeras bandas que surgiram durante a primeira metade daqueles anos e elas tinham algo em comum, a dedicação e a paixão pela música pesada. Muitas delas lançaram singles, eps ou apenas um álbum completo e depois sumiram, por falta de apoio ou outro tipo de dificuldade. Outras permaneceram no underground, e com persistência, mais tarde vieram ter o devido reconhecimento por parte das gravadoras que investiram nessas bandas e três delas se tornaríam famosas, caso do Iron Maiden , Saxon e Def Leppard., esta última depois de dois ótimos álbuns, infelizmente, apelou para o comercialismo. Outras ainda, ficaram bem conhecidas como, Tygers Of Pan Tang, Angel Witch, Satan, Avenger, Tokyo Blade, Grim Reaper, Diamond Head e Raven.



Apesar do grande talento existiram ainda outras que ficaram na obscuridade como, Witchfinder General, Jaguar, Gaskin, More, Savage e Chateaux. A partir de 1982, o cenário iría mudar com o surgimento de novas bandas e com elas novos estilos. Essas mudanças ficaram evidentes, tanto na temática das letras, proposta musical, no visual e postura agressiva das bandas em geral. O heavy metal ganhou mais velocidade, mais peso e grande dose de energia, e assim foram criados subgêneros ou subdivisões, tais como thrash metal, depois o power, black, death e doom metal, e futuramente uma infinidade de outros subgêneros.




THRASH METAL









O HEAVY METAL COMEÇA A GANHAR FORÇA

NO BRASIL!!!

E é no thrash metal em 1983 que despontaram grandes nomes do metal mundial e seus primeiros petardos se tornaram clássicos incontestáveis, pelo lado americano, Metallica com o magnífico “Kill´em All”, e Slayer com o destruidor “Show No Mercy”. Em 1984 o Anthrax lançou “Fistful Of Metal” e o Dark Angel, “We Have Arrived” obras primas do thrash metal. E pelo lado europeu, especificamente na Alemanha, o Destruction com o ep “Sentence Of Death”, Living Death com “Vengeance Of Hell” e Sodom, ainda na fase black metal com o ep “In The Sign Of Evil”. E não se pode esquecer de duas outras bandas da maior importância, o Venom e Mercyful Fate que lançaram obras seminais do metal, respectivamente, “Welcome To Hell” e “Melissa”.Mas é 1985, juntamente com outros bangers friends (e eles sabem a quem me refiro), que eu considero o ano mais produtivo, mais fértil em termos de lançamentos metálicos.


Não foi só isso, foi o ano que mais se viveu metal em nosso país. O 1º e inesquecível “Rock In Rio” foi um evento que abriu as portas para a realização de mais shows por aqui. A partir daí, as bandas nacionais lançariam seus primeiros álbuns, fariam mais shows, muitas delas ganharíam destaques no cenário nacional e uma delas, o Sepultura mais tarde sería muito conhecido lá fora. Ainda era a época do vinil e quem não tinha como adquirir os importados, trocava fitas cassete pelo correio, com os bangers correspondentes da época, que se conhecíam através dos fanzines ou outros bangers que nos indicavam.





RARIDADES NA ÉPOCA !!! APENAS COM TROCAS EM K-7






SHOWS INTERNACIONAIS: AS PORTAS
COMEÇAVAM A SER ABERTAS




ÍCONES DO METAL




EXODUS - A EXPLOSÃO DO ESTILO THRASH METAL



O ano de 1985 foi um ano incrível em lançamentos, vou citar alguns, vejamos; “Bonded By Blood” (Exodus), “Infernal Overkill” (Destruction),”Hellish Crossfire” (Iron Angel), “Killing Is My Business...”(Megadeth),“ Endless Pain”(Kreator), “Hell Awaits”(Slayer), “Feel The Fire” (Overkill), “Fear Of Tomorrow” (Artillery), “A Time Of Changes” (Blitzkrieg), “A Day Of Wrath”(Bulldozer), entre outros, a lista é grande. Por aqui, vale destacar que o Stress, que é considerada a primeira banda de heavy metal brasileira lançava seu 2º play, “Flor Atômica”, o Dorsal Atlântica, um split (“Ultimatum”) com o Metamorphose, o Vulcano, com o live, daquele show histórico em Americana e ainda a coletânea S.P. Metal vol.2. E é isso amigos, o que dizer mais? Sim, aqueles foram anos gloriosos! Em especial o de 1985, um ano inesquecível e que ficará gravado para sempre na memória daqueles que tiveram o privilégio de terem vivido intensamente a melhor época que o heavy metal nos proporcionou. Keep on Metal!!!
DONY POWERHAD

2 comentários:

  1. Parabéns Paulão! Ficou muito bem elaborado, excelente!Thanks!

    ResponderExcluir